Tudo o que o coração me disser!

domingo, 4 de março de 2012

#4 Facecoisos...

Nos dias que correrem os diários estão em vias de extinção, o que esta na moda é usar o Facebook como diário. Escreve-se as desilusões, as vitorias, as derrotas … Escreve-se as paixões, o número de lágrimas vertidas… Escreve-se que a vida nos corre bem, ou que está uma merda!
Há quem chegue a mandar a bela da “boca” ao ex, à amiga/o ressabiada, aquelas pessoas com que nem se pode ver mas que sabemos que vai lá ver o nosso perfil! É um espectáculo…
Para quê andar a escrever num caderninho, a esconde-lo em baixo do colchão como se fosse o nosso maior tesouro, quando todos os nossos amigos, conhecidos, amigos dos amigos, conhecidos dos conhecidos que nunca vimos na vida, a vizinha da prima da nossa vizinha que mora no cú de Judas… Pode ver?
Depois dizem: “Porra, toda a gente sabe da minha vida!”; outros fazem-no para se fazerem de coitadinhos “olha vês, coitado! Não está fácil, nem ele consegue.”
Enfim… 




P.S. Também gosto muito daquelas pessoas que colocam Like nas suas próprias publicações. Sim, porque uma pessoa publica alguma coisa, mas pode não gostar... Então bora la likar a coisa. 
E  vamos a ver  é o único like...

10 comentários:

patrícia disse...

Ahahahahahah, adorei!
Já tive para escrever sobre o teu PS. São os forever alone licenciados :D

Miss Worm disse...

Há fenómenos incríveis por causa ou como consequência do FB, já ando para escrever um post sobre isto há algum tempo e quando tiver mais uns minutos vou fazê-lo. Está a ficar tudo doido!

*Nightwish* disse...

As pessoas que fazem like nas suas próprias publicações e coments são tão tristes... Enfim. Depois queixam-se que toda a gente anda a fazer das suas vidas à boca cheia, que não entende como a coisa se espalhou tão rápido. Inocentes... xD
Bjs*

Jedi Master Atomic disse...

Eu faço um like neste post :P

PS: Já sugeri à equipa do Facebook para criar um "hate", porque o "like" já está um bocado esgotado, mas parece que não me ouviram...lol

eu-sou-eu disse...

És grande!

Estudante disse...

O P.S. está muito bom :P é uma coisa que me intriga também!

Paper disse...

E o meu pensamento para esses diários é "quem quer saber disso?".Penso que são pessoas que usam o face como um diário, é talvez uma tentativa de chamar atenção com a esperança de alguem perguntar,"ohh que foi? que tens?" e bla bla bla cutxi cutxi LOL

Raven disse...

Grande verdade! Raramente escrevo coisas no Estado, uso mais o face para saber da vida dos meus amigos (eu, pecadora, me confesso) e para conversar no chat. Por vezes, poucas, até partilho novidades boas. Coisas más, jamais! Vê bem que quando o meu irmão faleceu, uma gaja escreveu-me (ainda no velhinho hi5), "estou de luto por ti" com um grande boneco cheio de coisinhas a piscar. Eliminei logo aquela merda! Não queria a comunidade cibernáutica toda a saber do meu momento de perda. Acho que quem se expõe assim, a todos, é alguém com muita falta de vida própria e triste. Eu até tenho o meu perfil bloqueado a estranhos, se não é meu amigo, nem 1 foto consegue ver! Assim evito situações chatas.

Kim III disse...

Sim, hoje em dia o facebook é um autentico diário online. Qualquer dia hei-de dissertar alguma coisa sobre este assunti :p

Poison disse...

#Patrícia
Os forever alone eu percebo... a parte dos licenciado é que não cheguei lá!!!

#Miss Worm
é verdade, cada vez mais as pessoas se expões no FB de forma exagerada e ridícula!

#NightWish
Acredito que haja pessoas que fazem isso de propósito... querem mesmo expor a sua vida!

#Jedi Master Atomic
Eu também gostava de ter mais opções tipo "hate", ou "who cares"

#Eu-sou-eu
nem por isso xD

#Estudante
eu bem que já perguntei a uma pessoa porque faz isso, mas nem ele me soube responder!

#Paper
também acredito que seja uma forma de se fazerem de coitadinhos!

#Raven
Ajo um pouco como tu, pouco ou nada publico. E também bloqueie a estranhos.
é verdade que muita gente acha que essas demonstrações de afecto valem muito, para toda a gente ver e falar. São uns tristes!

#Kim III
é verdade, escreve-se tudo la!