Tudo o que o coração me disser!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

És o primeiro...outra vez!


Há uns meses trás, falava-se no blog da Rosa Cueca sobre se o “factor rodagem” é eliminatório na avaliação dos homens quando pretendem manter uma relação séria com uma mulher. Lembro-me de as opiniões serem variadas, uns diziam que mais de 5 era excessivo, outros que isso não interessava nada… Enfim, eu continuo a defender que o número de parceiros sexuais de uma mulher é algo que um homem nunca vai verdadeiramente descobrir, já que a verdade pode ser omitida e ninguém tem um contador de quecas (felizmente para eles).
Mas isto para dizer que, meus queridos, os vossos problemas de consciência podem ser resolvidos. Ou seja, se uma mulher vos quiser mentir, pode sempre dizer “oh fofucho, foste o segundo homem com quem me envolvi sexualmente”, isto porque existem provas factuais de que o primeiro não podem ser… Ou melhor, não podia!
Existe uma cirurgia que reconstitui a virgindade feminina (chamada Himenplastia *). Portanto, já não precisam de se contentar em serem os quintos na fila, podem ser os primeiros outra vez. Não é fantástico? 



* para quem quiser saber mais sobre a cirurgia, pode consultar a Clínica Milénio


8 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

loooooooooooool

Eu sempre ODIEI a ideia de ter que desvirgindar uma moça. Portanto prefiro-as com rodagem, sejam 2 ou 20.

guess disse...

Ahah, aposto que o Zé Castelo Branco está interessado.

eu-sou-eu disse...

Opá, eu que tanto me interesso por homens como por mulheres, digo-te que num homem não me faz confusão pensar que ele já esteve com várias. Numa mulher, a ideia de já ter passado pela mão de muitos (ou muitas) não me agrada.

Raven disse...

Vou citar um amigo meu: "Há mulheres para brincar e mulheres para casar".
Isto de ter 90% de amigos gajos dá muito jeito. Os meus amigos dão importancia a isso sim. Acham óptimo uma vadia para umas boas quecas e gargalhadas mas depois, em casa e para apresentar aos pais e amigos?? Nem pensar!
E eu concordo. Seja homem ou mulher, eu também dou importancia. Não uma importancia extrema, mas alguma. O meu namorado tem um passado numeroso e acredita que me incomoda bastante.

I blogger disse...

Opá, isso quer-se é desimpedido e com muito uso, para não fechar, como os furos das orelhas se andarem muito tempo sem brincos ahah.

*Nightwish* disse...

Acho que a "rodagem" não importa realmente quando se gosta da pessoa em causa, mas acredito que a algumas pessoas faça confusão. Claro que as vadias e os vadios nunca vão deixar de o ser... Quanto à himenplastia, acho uma perda de inteligência, tempo e dinheiro. Só os ricos, aliás, as ricas é que vão poder ser virgens mais do que uma vez. Até nisto os pobres são discriminados xD
Bjs*

Ritinha disse...

Era o que mais me faltava voltar a ser virgem, fogo, nem pensar!

Neste momento não tenho de me preocupar com isso, que tenho namorado, mas se um dia deixar de ter, a minha rodagem é mínima, aos olhos dos homens continuarei bem vista aos olhos da mãe deles xD

Agora a sério, eu acho que importa um bocadinho... mas importa para os dois lados, porque eu também não gosto de homens muito rodados!

Gasper disse...

O passado sexual de uma mulher (e na minha opinião de um homem) é como a cozinha dos restaurantes, não quero saber o que se passa por lá senão arrisco-me a nunca mais lá comer :p