Tudo o que o coração me disser!

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

O primeiro impacto….

É costume dizer-se que a primeira impressão é sempre a que fica, mas ainda bem que na realidade as coisas não são bem assim. Caso contrário, já muitas vezes tinha deixado de conhecer pessoas fantásticas por ter uma primeira opinião desagradável e vice-versa…
Nem sempre o que aparentamos à primeira vista é exactamente o que somos… Confesso que nunca conheci ninguém que tivesse uma opinião agradável sobre mim num primeiro olhar, mas sempre me confessaram que depois passou (aos que não passou, temos pena) …
Mas não é fácil decifrar ou tentar perceber a verdadeira essência de alguém apenas com um primeiro olhar, há pormenores que podem saltar à vista mas não serem interpretados no contexto de uma personalidade mais complexa do que uma imagem. Obviamente que podemos formar ou não uma opinião sobre o que vemos, o que a pessoa nos faz sentir num primeiro contacto, mas não acredito que a possamos decifrar sem nos dedicarmos um pouco mais a conhece-la.
Claro que nem todas as pessoas com quem nos cruzamos durante a vida merecem esse esforço. Algumas porque se “descobrem” facilmente, outras por não haver muito a decifrar… mas as mais interessantes são aquelas que demoram a mostrar quem verdadeiramente são, que requerem algum tempo até se revelarem e que geralmente trazem consigo surpresas agradáveis, amigos inseparáveis, relações para a vida!
O nosso tempo deve ser perdido com quem verdadeiramente o merece, com quem verdadeiramente merece a nossa dedicação… por muito trabalho que essa fase possa dar, a seguinte será muito agradável!

Imagem retirada da Internet

11 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

A 1ª impressão deixa sempre uma marca forte a não ser que a 2ª e a 3ª impressão aconteçam pouco tempo depois e me façam ver que a 1ª foi errada.

PS: Tens que me dizer onde fica essa tal de Internet de onde estás sempre a tirar imagens...lol :P

eu-sou-eu disse...

Eu acho que é a primeira impressão que fica. Pelo menos com as pessoas com quem não simpatizei ao início, mais cedo ou mais tarde acabaram por me desiludir e voltei a ter a opinião que tinha inicialmente.

Miss Worm disse...

Concordo contigo ! E estou em sintonia quando dizes que muita gente ao conhecer-nos fica com uma impressão e mais tarde muda de ideias ... o meu mau feitio pode repelir muita gente, mas prefiro acreditar que só repele de vez aqueles que já estavam destinados !

*Nightwish* disse...

Raramente me engano sobre alguém após a 1.ª impressão. Acho que sou simplesmente boa a "tirar a pinta" às pessoas. Mas mesmo assim não deixo de as tentar conhecer melhor porque também me engano, embora muitas poucas vezes. Nunca se sabe quem pode estar a cruzar o nosso caminho...
Bjs*

BlackRaven disse...

Miss Worm disse algo surpreendente, disse que tinha mau feitio *_*, faz-me lembrar alguém :D As mulheres nao têm mau feitio, os homens é que têm pouca paciência :P.... Quanto ao 1º impacto, tenho algo a contrapor, eu tive uma opiniao agradavel sobre ti ao primeiro olhar, só nao tive oportunidade de o expressar... :D Nós avaliamos as pessoas através dos nossos sentidos, sendo que a visão é o primeiro sentido a entrar em acção, e será por ventura aquele que mais impacto causa em nós. Aspectos supérfluos à parte, utilizamos a visao para absorver gestos, reacçoes, expressoes, o olhar da outra pessoa... Não menos importante, a audição. Até podemos gostar do que vemos, mas o momento crucial é quando a outra pessoa abre a boca, e nao estou a falar de lhe ver os dentes, estou a falar do tom de voz e principalmente do conteudo das palavras que profere. Em alguns casos usa-se a expressao, "Abre a boca, ou entra mosca ou sai m****". Não é para todos, mas dá para ler sentimentos nas palavras de quem nos fala, dá para decifrar o que vai por dentro... Os restantes sentidos eu atribuo à fase agradavel que podera seguir (mente maliciosa a minha :P), tacto, olfacto e paladar :)... Numa relação investimos algo de importante, o nosso tempo... Chega a um ponto em que sabemos se estamos ou nao a perder esse bem precioso, para isso basta seguir os nossos intintos, e "Herrar é Umano" ... bj

Ritinha disse...

Concordo plenamente contigo! A mim dizem-me sempre que a primeira impressão não foi das melhores, porque pareço muito respondona e às vezes rude, mas depois dizem que até sou fofinha, sinceramente nem sei o que será melhor, mas o que importa dizer é que a primeira impressão nem sempre é a que nos favorece mais!

Raven disse...

Eu tenho um ar de extrema arrogancia. Muito mesmo! Mas regra geral, depois de me conhecerem, a opinião muda. E para veres bem, o meu actual melhor amigo foi alguém que eu odiei quase 1 ano, achava-o infantil, parvo... ainda hoje acho mas agora adoro-o! ;)

Corina de Oliveira disse...

A primeira impressao é importante mas só depois os actos é que contam para mostrar o tutano da pessoa!

Poison disse...

#Jedi Master Atomic
As vezes se a 2ª ou 3ª impressão acontecerem de forma diferente da 1ª, a opinião pode mudar.
(A Internet é um sitio onde pessoas de bom gosto, como eu, vão "roubar" imagens para criar blogues giros! Agora não espalhes, se não vai ser só blogues giros como o meu.)

#Eu-sou-eu
Também acontece a opinião inicial ser a mais acertada, mesmo que isso só se revele muito mais tarde. Também já me aconteceu!

#Miss Worm
Faço das tuas palavras as minhas. O meu mau feitio também acaba por intimidar muita gente, e nem sempre é de propósito...

#Nightwish
Mesmo que as pessoas nos possam dar uma impressão errada ou logo certa, o melhor é conhecer mais um pouco e depois tirar as devidas conclusões!

#BlackRaven
O instinto pode ser uma das melhores armas nesta situação, mas mesmo esse pode falhar. O tempo ainda é o melhor desmistificador de personalidades!

#Ritinha
Lá esta, também sou respondona que chegue! E poucas são as vezes em que a primeira impressão me é favorável!

#Raven
Aprendeste a gostar dele :) e para isso tiveste de dedicar uma ano da tua vida para o perceber! Mas valeu a pena!

Poison disse...

#Corina de Oliveira
Nem mais, os actos dizem mais das pessoas do que a aparência!

Amélie disse...

Já me aconteceu julgar mal ao primeiro contacto ou ter que perder anos para chegar à mesma conclusão. A verdade é que nunca conheces completamente alguém, a piada está aí, o problema é que a descoberta, por vezes, pode ser bem amarga ;)