Tudo o que o coração me disser!

sábado, 10 de dezembro de 2011

Desilusões!

Das piores desilusões que posso ter é com os amigos, ou aqueles que eu pensava serem amigos! Isto da amizade é cada vez mais subjectivo, e não é fácil enquadrarmo-nos com pessoas que não vêem a amizade com o mesmo olhar.
E essas desilusões doem mais quando em outras alturas nos dedicamos a cultivar essa amizade, apenas esperando que ela continuasse quando também nós precisássemos de um ombro amigo, de desabafar ou de falar sem parar apenas porque sim!
Fico triste quando vejo pessoas que apenas acham que os seus problemas são importantes, e que os problemas dos outros (a não ser que metam facas e alguidares com sangue) não contam para nada. Cada pessoa tem os seus problemas e atribui-lhe a importância que naquele momento acha mais correcta, seja por estar mais sensível ou por lhe parecer bem mais grave do que verdadeiramente é. Não considero que haja problemas mais graves ou menos graves, porque na hora da preocupação cada um sabe o que sente, e ninguém deve julgar ninguém pela importância que dá às coisas…
A amizade deve ser dada, sem estarmos à espera de retribuições. Mas não consigo deixar de lado a sensação de desilusão quando estive de corpo e alma numa amizade, dando toda a atenção e apoio que podia… e quando eu precisava apenas de desabafar, me viram as costas!
Eu não quero ser uma pessoa fria, mas parece que tenho de parar de me preocupar demais com as pessoas e passar a adoptar uma postura mais egoísta… Mais por auto-defesa do que por vontade própria!

Imagem retirada da Internet

5 comentários:

Mim disse...

É por isso que tenho poucos amigos. Porque sou muito exigente com o "AMIGOS" e desprezo os "amigos da onça".

Poison disse...

Mim- eu tenho alguns amigos, mas dedico-me com verdadeiro afecto a muito poucos... mas parece que ando a acertar ao lado! ou as noções de amizade andam a mudar muito...

eu-sou-eu disse...

Este post quase que podia ter sido escrito por mim.
Eu sou bastante protectora com quem gosto... E começaram a aproveitar-se disso. Desiludi-me muito, com pessoas que não esperava.
Infelizmente, neste momento há poucas pessoas que dão real valor à amizade, ou sequer sabem o que é a amizade.
Também me dediquei a pessoas que não o mereceram, mas aprendi. Neste momento digo sempre que estou bem, porque sei que não querem realmente saber dos meus problemas. Estou aqui para elas, oiço-as. Mais nada.

Raven disse...

Infelizmente, também já tive de o fazer. Não é agradável, custou-me. Mas sei que a outra pessoa não me dá a amizade que eu quero e já eu sou alugada pela pessoa constantemente.

Poison disse...

eu-sou-eu - o problema é que há pessoas que só querem isso mesmo, que se esteja la para elas mas que elas não precisem de retribuir! e para esse peditório eu já dei! ;)

Raven - é mesmo isso, alugam a nossa amizade para quando precisam e depois entregam sem ter de dar nada em troca!