Tudo o que o coração me disser!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Desistir por tudo e por nada…

Cada vez me deparo mais com pessoas que desistem de tudo e de nada. Desistem porque dá muito trabalho lutar por algo, desistem porque acham que lutar por desafios é uma perda de tempo, porque depois se vai tornar mais fácil (not), porque se não fizer agora faço depois…
E lá vão levando a vida, sem objectivos, sem saber o que é lutar, ao sabor do vento e do que o futuro trouxer… Se as coisas correrem mal, há-de estar o pai, a mãe, a avó, o tio, o periquito para ajudar o menino/a a levantar a cabeça ou a continuar à espera que a vida lhe decida facilitar a coisa.
Entretanto, vai-se desistindo porque é demasiado complicado, ou porque requer demasiada dedicação, ou porque vou queimar meio neurónio e depois faz-me falta…
É mais fácil desistir do que continuar a lutar, é verdade! Mas não dá tanto prazer como ver que conseguimos, ou que não conseguimos mas fizemos tudo para isso…

Imagem retirada da Internet

5 comentários:

Mim disse...

Pois... cada vez está mais difícil arrumar a vida, até porque seguir para o desconhecido e deixar o encosto dos "papás" não é fácil.
Essa atitude só vai mudar quando os "papás" de hoje morrerem e os futuros "papás", que são os filhos de agora, conhecerem o que é a verdadeira miséria, a miséria "desenvergonhada" de não ter para dar apoio aos "jovens" de 35 anos.
A miséria de estar à espera da ajuda dos filhos para ter algum desafogo, como faziam os pais da geração dos meus.
Caminhamos a "Passos" largos para isso.

eu-sou-eu disse...

É verdade, não aprendem a vencer sozinhos, esperam sempre uma "bengala" que os leve até onde querem. E se não há quem os ajude, desistem na esperança de alguém ter pena e ajude.

Pretty in Pink disse...

Dá-me uma raiva quando vejo amigos meus a desistir de algo só por que sim, porque dá muito trabalho, porque não estão para chatices...epa façam-se à vida que ela não está fácil para ninguém e as coisas não vêm ter connosco de certeza se não nos mexermos!!

Beijinho*

mary disse...

não concordo totalmente... falo por mim, que estou prestes a desistir do estagio porque sim, esta muito, muito dificil aguentar ate ao fim, mas tambem sou a primeira a assinar que desistir tambem não é facil! ter coragem para desistir, para aceitar que já não há futuro no que perseguiamos e para nos conformarmos que há que deixar para trás para começar um novo caminho é quase tao dificil quanto continuar... e muitas, muitas vezes é mais facil continuar do que desistir! porque para continuar basta acordar aqui amanha,e depois, e todos os dias. para desistir preciso de tomar uma atitude, chegar-me à frente e comunicar uma decisão, a mim e a todos. e isso é aterorrizador...

Poison disse...

Mim- concordo plenamente com o que dizes. O nosso problema é mesmo os "passos"

Eu-sou-eu- muitas vezes desistem de coisas simples, ou adiam para fazer noutra altura.

Pretty in pink- passei por isso na faculdade, apetecia-me abanar muitos e perguntar o que andam la a fazer... grande parte deles ainda la anda e irá andar, não por burrice mas por preguiça.

Mary- eu conheço o teu caso, já que leio o teu blog. Há casos e casos, e muitas vezes as desistências não estão directamente ligadas a situações tão complicadas como a tua. Os casos de que falo são passados debaixo das asas dos papas, e tu estas bem longe e sozinha. Compreendo perfeitamente a tua decisão de desistir, e até se justifica. :)